Salvador tem candidatos para formar um circo na câmara de vereadores

27 07 2008

Em meio aos candidatos que apelam até para apelidos de infância, outras figuras excêntricas que compõem Salvador também se jogam para angariar votos. Quem não lembra do Rei Momo gordo que perdeu sua coroa para o rei magricelo do Carnaval deste ano, Clarindo Silva, o dono da Cantina da Lua, no Pelourinho?

Pois é, depois de ser despejado de seu trono, o Momo Gordo, Edgar Passos Pereira, 45 anos, decidiu destilar sua mágoa concorrendo a uma vaga de vereador na Câmara Municipal. Tem ainda o Didi Brother, aquele que teve seus momentos de fama durante sua participação no reality show mais assistido no Brasil, o “Big Brother Brasil”. Ele vai concorrer pelo DEM. Mas ninguém perde para a chamativa e alegre travesti Léo Kret do Brasil (PR). Ela ficou conhecida como dançarina do grupo de pagode Saiddy Bamba.

 Além desses novos “excêntricos”, tem muitos outros que disputam uma vaga há muito tempo no Poder Legislativo, a exemplo de Bira do Jegue, Ubiratan Tavares, 67 anos (PR), que se candidata a cargos eletivos há 20 anos, e usa seu Nino, o jegue, como seu palanque e transporte. Tem também o Rogério Tadeu da Luz, que promete iluminar a vida de toda a população de Salvador. Da Luz sempre aparecia nos horários eleitorais com um paletó repleto de lâmpadas, encandeando seus adversários. Já pensou se a Câmara de Vereadores comportasse metade dessas figuras excêntricas? Dava até para montar o “circo ” dos vereadores.


Ações

Information

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: